Skip links

Por que a categoria de chocolates cresce cerca de 20% a.a. mesmo pós-pandemia?

Entenda o fenômeno por trás do crescimento acelerado desse mercado e as oportunidades para desenvolvê-lo ainda mais

A venda de chocolates subiu  bastante na pandemia, até porque os momentos de indulgência que seriam feitos na rua passaram a acontecer dentro de casa. Porém após o isolamento o mercado continuou crescendo a taxas aceleradas, em média 20% ao ano.

fenômeno que vem ocorrendo. As pessoas perceberam após a pandemia a importância de viver momentos de prazer, em equilíbrio com uma vida saudável, pois isso também tem a ver com a saúde mental. Essa pequena indulgência tem que caber para o bem-estar geral.

Até os formatos mais tradicionais crescem nos últimos anos, mas alguns segmentos mostram ainda mais oportunidades. A venda de chocolates dark, por exemplo, apesar da baixa penetração, cresce acima da categoria, 26,2% em volume, na comparação de janeiro a maio de 2023 com o mesmo período do ano anterior.

Chocolates mais indulgentes, cremosos, com recheios, mesmo que seja em porções menores, tem ajudado o mercado a se desenvolver, embalagens pequenas, com menor desembolso e porção controlada, crescem também acima do mercado.

A Lacta, marca pertencente à Mondelez Brasil, tem trazido variedade de produtos para atender esse consumidor em diferentes formatos de varejo nas diversas ocasiões de consumo. A marca acaba de lançar dois novos sabores de barras recheadas, Sonho de Valsa e Ouro Branco.

Deixe um comentário